12. Luhmann e o direito

Niklas Luhmann  (1927-1988) é um dos sociólogos mais interessantes do século XX. Sua perspectiva da sociedade mescla a visão sistêmica de Parsons a concepções derivadas das ciências biológicas. Embora trate de diversos assuntos, o direito é um de seus objetos de estudo mais importantes. Seu pensamento influencia, por sua vez, muitos sociólogos do direito. Sua análise…

11. Habermas e o direito

A trajetória intelectual de Jürgen Habermas (1929-) é inicialmente marcada pela Escola de Frankfurt, nome genérico que se atribui ao espaço acadêmico situado naquela cidade, mas também a um grupo de pensadores cujos expoentes mais significativos foram Theodor W. Adorno e Max Horkheimer. Em termos genéricos, os pensadores citados questionam, a partir de A dialética do…

10. Parsons e o direito

Podemos considerar que Durkheim, Marx e Weber sejam os três pensadores cujas obras constroem os fundamentos da sociologia e, por consequência, forneçam os pilares estruturantes da sociologia jurídica. Os autores subsequentes, de um modo ou de outro, dialogam com eles. Talcott Parsons (1902-1979) é um dos mais importantes desses autores que se seguem aos fundadores, vindo,…

09. Weber e o direito

Max Weber (1864-1920) adota uma perspectiva que enxerga na sociedade indivíduos interagindo. Essas ações mútuas são motivadas e buscam concretizar intenções, possuindo um significado social que pode ser compreendido. A finalidade da sociologia, assim, seria entender a conduta humana (descobrir seus motivos) e seu significado, formulando princípios gerais que possam explicar outras ações semelhantes. Muitas…

08. Durkheim e o direito

Émile Durkheim (1858-1917) é considerado um dos fundadores da sociologia enquanto ramo científico dotado de método próprio. Sua abordagem consiste em olhar para a sociedade como um todo composto por fatos sociais, que devem ser vistos como se fossem coisas. Assim, o papel do sociólogo é descrever essas “coisas” de modo objetivo, sem incluir na descrição…

01. Capitalismo, Estado e Direito – conceitos

O sociólogo do direito adota a perspectiva externa ao estudar o fenômeno jurídico. Na maioria das vezes, o direito é analisado por um olhar que leva em consideração ou parte de outros setores da sociedade, sobretudo o estado e a economia. Precisamos, pois, conceituar, ainda que superficialmente, essas duas instâncias e, também, o próprio direito. A…